quinta-feira, 16 de junho de 2011

Peça teatral "A VITÓRIA DA CRUZ"


GLÓRIA A DEUS!!! COMEMORAÇÃO DO NOSSO 1º ANO DE IGREJA.

"Ele é bendito e único Soberano, o Rei dos Reis e Senhor dos senhores, o único que é imortal... A Ele sejam a honra e poder para sempre. Amém." I Timóteo 6:15 e 16

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEMEANDO AMOR

SEMEANDO AMOR:


“E vós, irmãos, não vos canseis de fazer o bem.”
(2 Tessalonicenses 3:13)



“Quem semeia amor às vezes colhe ódio e indiferença”.


Não significa que as sementes de amor produzem frutos como ódio e indiferença, as sementes dão fruto segundo a sua espécie. Então, como alguém que semeia amor pode colher ódio e/ou indiferença? Outros plantaram estas coisas e nem sempre colhemos o que plantamos.


Dá vontade de guardar as boas sementes do amor ou selecionar minuciosamente o solo em que as lançamos. Sim, isto é comum aos humanos.

É triste ver pessoas que receberam nosso amor e dedicação e retribuírem com indiferença e ódio. Porém, é ainda pior reter as sementes do amor.

Pense comigo, sementes de amor só podem produzir frutos de amor, independente de quem venha colher, o fruto será amor. Dependendo do solo em que é plantada uma semente pode produzir cem, sessenta, trinta por um, ou pode até morrer, mas se brotar produzirá frutos segundo a sua espécie, e é isto que importa.

Lições:

1ª) Se plantarmos amor, o mundo colherá amor e os seres humanos estão precisando de amor, mais do que qualquer outra coisa.

2ª) É uma alegria plantar a boa semente do amor, dá um sentimento indescritível fazer o bem, e devemos alegrar-se com o fato de plantar, independente da colheita, devemos saber que ela ocorrerá em algum momento e em algum lugar.

3ª) Quanto mais plantarmos, mais colheremos, se plantarmos sem muita expectativa de colher a colheita será uma experiência muito mais satisfatória.


Pr. Vítor Pelegrin.

Reflexões diárias para encher seu coração da Palavra de Deus!

Loading...